domingo, dezembro 12, 2010

Quem dera



       #
Incondicionalmente feliz que chega a doer no peito, paro e penso: ate quando?
E doi, doi muito. Nada somos, nada temos, nada pertencemos.
Ah, quem dera {...}

0 comentários:

Postar um comentário

♏uito obrigada por comentar, sua opinião é muito importante pra mim ♥'
Bjos, Ingrid.

OBS∴ TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS, E SÓ SERÃO PUBLICADOS APÓS A MINHA APROVAÇÃO. ;D