quinta-feira, junho 24, 2010

Amiga Solidão


Foi difícil de me levantar pela manhã, eu escolhi assim eu sei, mas porque segue doendo tanto? Não largo meus bichos de pelúcia nem se quer para ir para o computador,  até assistir novela eles têm assistido comigo.. Mas não a dor não passa. Mal levantei e minha vontade é de retornar à cama, minto, nem ao menos queria ter saído dela. Comida alguma desce, mas eu sei que devo ao menos me alimentar..  Tentei tranqüilizar meu coração.. na fronteira onde estou posso rir ou chorar, maldita mania de viver entre o ter e o não ter, entre o fazer e ficar quieta.. entre o inverno e o verão. Já não sei quem sou, por não ter não tenho nem a mim.  Solidão.. companheira de esperar. Solidão, como poderia mudar dos meus sonhos, o final?  Com quem falar sozinha frente a mim mesma? Sem um espelho para mentir.. Como poderia mudar.. de meus sonhos a realidade?  Não sou eu..e você quem será? Solidão.
 

Um comentário:

♏uito obrigada por comentar, sua opinião é muito importante pra mim ♥'
Bjos, Ingrid.

OBS∴ TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS, E SÓ SERÃO PUBLICADOS APÓS A MINHA APROVAÇÃO. ;D