quarta-feira, junho 23, 2010

Algum dia..


Não eu não quero acordar..  Hoje eu sou apenas o que restou da dor, do amor imenso e vasto que existiu em mim, Acredite dói mais em mim. Os nós na garganta aumentam e me asfixiam, eu desejo realmente perder o ar.. Dormir me acalma, choro até pegar no sono e eles me mantém firme..meus ursos, meus companheiros de alegrias e tristezas. O vazio que permanece é tão grande que não cabe dentro de mim, transborda em lágrimas. A dor há de passar, lágrimas hão de secar.. e eu ei de melhorar.. algum dia.

Um comentário:

♏uito obrigada por comentar, sua opinião é muito importante pra mim ♥'
Bjos, Ingrid.

OBS∴ TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS, E SÓ SERÃO PUBLICADOS APÓS A MINHA APROVAÇÃO. ;D