domingo, março 07, 2010

Irrevogável espera

 
A espera é longa e fria, árduo amor que me dilacera a alma.
Minutos tornam-se horas e essas por sua vez, tornam-se dias..
Uma inútil espera por algo que sei que não acontecerá.
O telefone permanece mudo, quanto mais eu queira que ele toque, mais silencioso ele fica.
O quarto escurece, minha única luz, segue sendo a luminária ao lado da cama.
Já mencionei o quão torturante se tornou viver?
O quão deplorável tem sido meus dias?
Maldita e amolante espera.
Quero meus sonhos devolta.
Quero meu sorriso nos lábios novamente.
Quero a vida que de mim foi roubada..

0 comentários:

Postar um comentário

♏uito obrigada por comentar, sua opinião é muito importante pra mim ♥'
Bjos, Ingrid.

OBS∴ TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS, E SÓ SERÃO PUBLICADOS APÓS A MINHA APROVAÇÃO. ;D